26 de novembro de 2012

Croquetes de feijão preto e sementes de linhaça no forno, ou uma inesperada história de amor :D

Quando eu tinha dois anos fui diagnosticada com um estrabismo grave e tive de ser operada a ambos os olhos aos três e aos sete anos. Curiosamente recordo-me bastante bem de imensos detalhes de ambas as operações, principalmente tendo em conta que era mesmo novinha. 

Depois da minha primeira operação (que correu muito bem) fiquei um mês inteiro sem conseguir abrir os olhos como parte integrante da minha recuperação. Na altura os meus pais compraram imensas cassetes da Disney e eu passava horas a ouvi-las, de tal forma que ainda hoje há filmes da Disney que sei integralmente de cor e salteado :)

Um dia fomos jantar pela primeira vez a um restaurante brasileiro que ficava perto de nossa casa e os meus pais pediram feijoada à brasileira. E sabem o que aconteceu quando chegou o prato e eu provei feijoada à brasileira pela primeira vez? 

Abri os olhos. Pela primeira vez num mês inteiro. 

E assim começou a história do meu amor pelo feijão preto. O tal ingrediente estranho e terrivelmente saboroso que me fez abrir os olhos de curiosidade, e que é ainda hoje o meu alimento preferido :D 


Croquetes de feijão preto e sementes de linhaça no forno 

Ingredientes (para duas pessoas):

* Uma pequena lata de feijão preto cozido;
* Cebola picada (usei congelada);
* Alho picado (usei congelado);
* Salsa picada (usei congelada);
* Uma clara de ovo;
* Uma pitada de sal, pimentão-doce, paprika e piri-piri;
* 40g de pão ralado;
* 40g de sementes de linhaça moídas;
* Um ovo;
* Pão ralado q.b.

Confecção: 

* Misturar o feijão escorrido com a cebola, o alho, a salsa, a clara de ovo, o sal, o pimentão-doce, a paprika e o piri-piri e triturar bem;

* Juntar o pão ralado e as sementes de linhaça moídas e misturar tudo com um garfo;

* Formar pequenas bolas com as mãos; 

* Passar por ovo batido e pão ralado;

* Se preferirem ficar com uma crosta bem crocante voltem a passar por ovo e pão ralado; 

* Colocar num tabuleiro de ir ao forno e levar ao forno pré-aquecido a 180º durante aproximadamente trinta minutos, virando algumas vezes.



 


 

 

Eu tinha planeado fazer croquetes de grão-de-bico no forno, mas o facto é que não resisti a experimentar croquetes com feijão preto. As sementes de linhaça foram um acrescento inesperado porque não tinha pão ralado suficiente, mas deram um toque muito bom aos croquetes :) Ficou um prato diferente e muito saboroso :

Entretanto não se esqueçam de continuar a participar no meu desafio de receitas de Natal :D Podem ver todos os detalhes sobre o desafio aqui, e o meu muito obrigada ao PS e à Piteca que já participaram :D

Até amanhã :D  

16 comentários:

  1. Sabes o que eu já ando para fazer há algum tempo?é croquetes de milho...adoro e agora fizeste-me lembrar disso :)

    Beijinhos querida e uma ótima semana *

    ResponderEliminar
  2. Eu acho que amaria feijão preto para toda a minha vida :D
    a tua historia com o feijão preto é uma historia muito feliz :D
    Eu tbgosto muito de feijão preto.
    Há uns tempos fiz hamburgueres desse feijão é ficaram meeeesmo bomns!!!!

    Beijinhos grandes :D e uma boa semaninha ***

    ResponderEliminar
  3. Olá :D
    Adorei a tua introdução :D
    Não fazia ideia que tinhas sido operada e é incrível que te lembres de tudo se eras tão pequenina :P
    Acho que a tua relação com o feijão pode dizer-se que foi amor à primeira vista, literalmente :D
    Eu não gosto muito de feijão nem como muitos cozinhados com tal ingrediente, mas no meu rico Alentejo fazem-se umas feijoadas de comer e chorar por mais.
    Como é óbvio adorei a receita e só de olhar para as fotos sei que estava delicioso :D
    Amanhã finalmente vou apresentar a minha participação IUPI. Estive até à última na dúvida porque só se podem apresentar 2 receitas e eu fiz 3 :P
    Beijinhos e boa semana*

    ResponderEliminar
  4. que historia tão gira *.* so não precebi uma coisa..durante aquele mes não podias abrir os olhos, ou não conseguias abrir os olhos?

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não conseguia mesmo, não me lembro porquê ;)

      Eliminar
  5. é caso para dizer que o feijão preto te abriu os olhos para a vida x) eheh eu também gosto muito, esses croquetes parecem deliciosos.
    p.s - sei o rei leão 1 quase todo de cor, menos a parte em que o mufasa morre (passava sempre em frente) :)

    ResponderEliminar
  6. Gostei da sugestão
    Beijinhos
    Belinha
    Mundo das receitas
    http://mundodasreceitas.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  7. Nunca tinha visto croquetes de feijão mas devo dizer que adorei o aspecto.
    boa semana
    bjs

    ResponderEliminar
  8. gosto bastante de feijão preto por acaso :D

    ResponderEliminar
  9. Olá! Foi mesmo amor à primeira vista então! :)
    A tua história assustou-me um pouco... estar um mês sem ver!!! Nem consigo imaginar. Mesmo sabendo que é uma coisa provisória, ser-me-ia muito difícil. Uma vez tive de estar com os olhos fechados durante um exame qualquer (electroencefalograma? Não sei se é assim que se diz ou escreve) e já estava a ficar nervosa por não poder abrir os olhos.
    Nunca diria que esses croquetes eram feitos com feijão preto! Deve ser uma surpresa para o paladar de quem prova! :)

    Beijinhos**

    ResponderEliminar
  10. Gostei tanto de ler a tua história :) Um mês sem ver deve ser muito complicado mas esse momento deve ter sido qualquer coisa de especial :D
    Os croquetes têm ótimo aspeto e nem sabia que se podia fazer de feijão preto!
    Beijinho*

    ResponderEliminar
  11. A minha irmã também é estrábica, mas felizmente nunca precisou de cirurgia, ela usa óculos desde os 2 anos de idade, hoje os 28 ela usa lentes de contato é louca para operar mais ainda não foi liberada por não estar totalmente estabilizado o seu grau (tem 4,5 de miopia em cada olho). Gostei muito da sua receita, achei bem diferente, quero muito fazer para prová-la também gosto muito de feijão (como todo brasileiro) mas por ser paulista prefiro o feijão marronzinho e por incrível que pareça se chama carioca!!!rs Bjks

    ResponderEliminar
  12. Foi mesmo amor!
    Estou com vontade de fazer estes croquetes!

    ResponderEliminar
  13. Querida Joana,
    gostei da sua história, graças a Deus que vc se recuperou, e vc
    sabe dá valor a boa comida, muito bem!
    Estes seus croquetes estão lindos, e o melhor saudáveis.
    Gosto de todas suas receitas, não sou fã de frituras, mas de
    vez em quando me aventuro, rsrs.

    Beijinhos ♥

    ResponderEliminar
  14. Que aspecto delicioso!!! Adorei :)
    beijinhos

    ResponderEliminar
  15. Olá! Adorei a história, nem posso imaginar ficar um mês sem ver, foi uma experiência e tanto, ainda mais na infância. Adorei a receita e vou experimentar. Vou espreitar o passatempo.
    Beijinho

    ResponderEliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />