23 de novembro de 2015

Pregnancy Diary #9

No dia do nosso primeiro aniversário de casamento cheguei a casa a morrer de fome. O Pedro estava de banco e só saía às oito, e tínhamos combinado que eu o ia apanhar de carro e íamos jantar à Carvoaria Jacto. Sentei-me no sofá a ler as notícias, peguei numa embalagem de pistachios salgados e fui comendo. No fim, comi a embalagem toda.

E foi assim que a primeira coisa que enjoei durante a gravidez foram os pistachios (e os frutos secos em geral, posteriormente).




Passado algum tempo, acabei a enjoar também a grande maioria dos pratos de peixe. Peixe grelhado? Não. Peixe assado? Nem por isso. Sushi? Não, obrigada. Cheiro a peixe? HELL NO.

Fora isso, continuo a conseguir comer de tudo. Tenho o cuidado de ter uma alimentação variada e equilibrada. Fiz uma pequena pausa na alimentação paleo, mas ainda tento favorecer as proteínas e as gorduras em detrimento dos hidratos de carbono. Por vezes fico enjoada com alguns cheiros, mas creio que faz parte :)

No entanto, tenho efectivamente alguns desejos estranhos. O primeiro, que me acompanha desde o início da gravidez, é o gin tónico. Suspiro pelo gin tónico todos os dias. Como é óbvio não toco em nenhuma gotinha de gin tónico desde que decidimos engravidar, mas não deixa de ser engraçado que o meu principal desejo seja precisamente aquele que não posso cumprir :)

Recentemente também tenho outros desejos: bolachas de canela, pipocas caseiras, pizza com molho barbecue, iogurte com fruta, mangas ou chocolate de morango da Milka. Uns vou satisfazendo e outros não, dependendo dos dias. Nada de transcendente, portanto :)


(Cinnamon Roll Cookies que fiz há umas semanas atrás. Posso publicar a receita se quiserem!) :)

28 comentários:

  1. Sim, sim, por favor!!! Publica, publica!! Não estou grávida mas fiquei cheia de desejo só de olhar para elas!! Beijinhos

    ResponderEliminar
  2. Queremos, definitivamente, a receita Joaninha! Isso parece jogar muito bem com chá e lareira!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. São possivelmente as melhores bolachas que já fiz Inês :D A receita sai daqui a nada :D

      Eliminar
  3. Sim, por favor, publica a receita :D era uma das melhores prendas de Natal que podia preparar para o meu namorado!
    (Se bem que, como vamos passar a viver juntos, não sei como vou fazer as bolachas e escondê-las sem ele dar conta!)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Podes sempre fazer quando ele não estiver em casa Teresa... A chatice é o cheirinho que fica depois :D

      Eliminar
  4. ahahah Tão bom ler este teu percurso!

    ResponderEliminar
  5. simmm... receitaa!!
    eu ja avisei k vou tar cheia de desejoss quando daki a una anos ficar gravida!! hehe
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também achava que ia andar cheia de desejos, mas afinal não é nada assim de transcendente :)

      Eliminar
  6. Joana, por favor, por favor, POR FAVOR publica essa receita!! Sou louca por tudo o que leve canela, amo cinnamon rolls e tê-los em versão biscoito é, tipo, um sonho!!!
    Obrigada e muitas felicidades! :D

    ResponderEliminar
  7. Olá Joana!
    Sim, publica! parecem deliciosos :)
    E como estamos em relato de gravidez (que estou a adorar), quando estive grávida da Rita deixei de conseguir comer e sequer cheirar lulas grelhadas (e eu adorava antes). Até vómitos tinha e este mau estar com as lulas durou até ao fim da amamentação.
    Uma das coisas giras e gulosas que me aconteceu foi o desejo súbito e urgente que tive de comer travesseiros de Sintra, estava eu no final da gravidez e já em casa (39 semanas). Os meus pais (uns queridos) ao saberem do desejo e em modo de companhia foram-me buscar a casa e rumámos a Sintra, à Piriquita, e foi lá que comi de seguida 4 travesseiros quentes e deliciosos. A Rita não é grande apreciadora...talvez porque a mãe se excedeu e ela tenha enjoado (é mais queijadas) :)Mas adora fruta e eu nunca comi tanta fruta como na gravidez (e eu gosto bastante).
    Vá, agora a receita desses Cinnamon Roll Cookies para adoçarem ainda mais estes momentos tão bons que passamos cibernauticamente contigo.
    Beijinhos.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso hoje o meu almoço vão ler lulas grelhadas :D Quatro travesseiros é obra realmente :D

      Eliminar
    2. Bom apetite! :) Eu agora já como mas nunca voltei a saborear da mesma forma.
      Quanto aos travesseiros, foi a única vez que consegui comer quatro seguidos (por regra imposta por mim a mim mesma, um de vez em quando é suficiente) :)
      Beijinhos

      Eliminar
    3. Estavam bem boas por acaso :D Eu acho que o meu máximo foram três, nos meus tempos áureos em que estava a ganhar peso :)

      Eliminar
  8. Sou uma ave rara, de certeza. Não sei o que é enjoar comida durante a gravidez. Também não sei o que é ter desejos de um determinado alimento, comida, bebida, aperitivo, etc etc etc. Tenho um bocadinho de inveja ao mesmo tempo que acho que o melhor é não pensar nisso e relaxar, que foi o que fiz! ;-)
    Que venha a receita! Desfruta da gravidez! É maravilhoso!
    Beijinho!

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não é assim uma coisa tão especial :) Pensei que os desejos iam ser mais fortes ou mais intensos, mas tirando o de gin é tudo perfeitamente controlável :)

      Eliminar
  9. Sim, please...publica.
    Beijinhos e as "melhoras"!

    ResponderEliminar
  10. Olá!
    Já te leio há algum tempo, apesar de sem comentar. Pareces-me uma pessoa razoável e pouco dada a extremismos, por isso pergunto. Fará mesmo mal beber um copo de vinho de vez em quando? Deixaste de beber mesmo antes de engravidar?
    Estou grávida de 21 semanas e, de vez em quando (uma vez por semana, se tanto) lá vai um copo de vinho... Gosto tanto...
    Estou a fazer muito, muito mal? Já falei sobre isto com o médico do CS, a minha obstetra e a médica do rasteio pré-natal e todos têm opiniões distintas, logo resolvi seguir o meu bom (ou mau) senso...

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Olá! :)

      Na verdade, pelo que li, beber um copo pequeno de vinho tinto de vez em quando não faz propriamente mal. Mas isso deve-se ao facto do vinho tinto ter também antioxidantes e de ser uma bebida alcoólica fermentada, logo menos 'agressiva'. É claro que o ideal é beber a menor quantidade possível, mas um copo de vinho por semana não me parece nada de transcendente sinceramente.

      Acho que depende muito da pessoa. Há coisas com as quais facilito bastante (como é óbvio, tendo em conta que tive que ser obrigada a vir para casa para descansar) e outras em que nem por isso. Acho que cada pessoa tem as suas manias :) Eu deixei de beber quando decidimos engravidar, mas como engravidámos logo nesse mês no fundo deixei de beber ao mesmo tempo :) E o gin é uma bebida diferente: é destilado, mais agressivo, tem zero benefícios para a saúde... E o gin tónico que costumamos beber cá em casa é bastante 'apurado' ;)

      Eliminar
  11. Acho os desejos são uma parte giríssima da gravidez. =)

    ResponderEliminar
  12. Ahh, então a saga dos pistachios foi aí! Realmente parece uma coisa bastante fácil de levar a enjoo. Bela entrada! :)
    A BD é mesmo gira, sobretudo essa galinha adorável :D mas se não fosse a óbvia parcialidade agora duvido que muita gente se opusesse a sério... :P de qualquer das formas está hilariante :)
    Haha, peixe :) já para uma 'pessoa não grávida' é fácil enojar, quanto mais!
    Pelo menos não te limita assim taanto, não está mal :) e tens uma desculpa para não comer peixe :D :P
    Gin, o teu cérebro é cruel! Que 'escolha'... Embebe uma posta de salmão grelhado em gin, cheira e saboreia a tua recém-adquirida insensibilidade face ao gin ;)
    O gin é a tua maçã! Toda a gente é um bocado assim, no teu caso, claro, é levado mais longe :)
    Os teus desejos são todos originais, não podias ser uma pessoa normal a sonhar com um pastel de nata? :D
    Comi o chocolate de morango da Milka e não gostei nada :P
    Se não podes estar de pé para as cozinhar não tarda nada e as bolachas de canela são o teu próximo gin :P
    Esses 'desejos' até são capazes de dar umas histórias engraçadas! A minha mãe também tem algumas.
    Boa continuação de gravidez :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Acho sempre imensa graça :D 'Hitler was ok I guess' :D :D :D :D :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />