11 de novembro de 2017

Dubai e Maurícias 2017 #5

Em Janeiro falei-vos dos meus projectos de viagem para 2017, que na altura consistiam em Santorini, São Petersburgo e Moscovo, Miami e Orlando, a Serra da Estrela, colar-me aos congressos do Pedro em Helsínquia e em Barcelona e às férias dos meus pais e fazer um fim-de-semana de compras de Natal. Tudo parecia bem encaminhado e até surgiram outros projectos (como a Disneyland, Florença ou a road trip pelo Minho), mas eventualmente as coisas começaram a descambar.

Cancelei a viagem a Helsínquia porque o Mati foi internado. Cancelámos a viagem a Miami, a Orlando e às Bahamas porque o furacão Irma passou na semana anterior à nossa viagem. Não consegui ir de férias com os meus pais porque não tinha dias de férias suficientes. Não consigo ir às compras de Natal com a minha mãe porque o Pedro não está no fim-de-semana em que ela vai e não posso levar o Mati comigo (a minha mãe quer fazer dias intensivos de compras, por isso levá-lo não me parece adequado).

Agora o sítio onde íamos ficar na Serra da Estrela mandou um mail a dizer que a zona envolvente ficou destruída no incêndio.

E se nas outras situações até nos conseguimos safar bem (não fui a Helsínquia mas fui a Sesimbra, não fui a Miami mas fui ao Dubai e às Maurícias, não fui com os meus pais mas também não era um projecto realista de qualquer das formas e não vou às compras de Natal mas também não gosto assim tanto de compras), neste caso estamos mesmo perdidos. Faltam três semanas, o Pedro até estava escalado para fazer urgência nesse fim-de-semana, os fins-de-semana depois desse vão ser super ocupados... E de repente confesso que bate uma certa indecisão. Ficar em casa ou ir? E ir para onde?

(É claro que a minha primeira sugestão foi Sesimbra, mas o Pedro vetou logo essa hipótese. Que peixe morto.)

Pelo caminho os projectos de viagens para 2018 começam a desenhar-se, mas confesso que depois das aventuras deste ano até tenho medo de falar deles para não dar azar :D Também já temos ideias para 2019 - tivesse eu tantas certezas na vida como tenho com as viagens e era tudo muito mais simples. Enfim. Falem-me sobre as vossas viagens. Onde vão até ao fim do ano? E para o ano? E um dia mais tarde? O que gostaram de visitar no passado? Hoje apetece-me ler sobre viagens inspiradoras :D :D :D

Aqui vão mais fotos do Dubai e das Maurícias :D

Macaquinho :D




Templo hindu :D



Parámos em Chamarel para almoçar com mais dois casais de portugueses :D Na foto podem ver as chamuças (que eram maravilhosas) e a salada (que não era grande coisa) :D
Pedimos travessas de marisco para todos :D Tinham peixe, lulas, polvo, lagosta e camarões :D (Lá está, uma das razões porque eu não consigo ser 100% vegetariana!). Também bebemos a cerveja mais conhecida das Maurícias que era uma delícia :D
Visita à fábrica de rum :)
Experimentámos OITO shots de rum diferentes, sendo que a Joana e o Bernardo beberam pouco e eu, a Mafalda e o André dividimos os shots deles por nós também. Foi uma aventura.
Mas era mesmo bom o rum :D

Cascata de Chamarel :D
Valeram a pena as 86578890765435678 picadelas de mosquito que levámos para chegar aqui :D
Arco-íris :D
As Seven Sands. Este sítio tem uma história engraçada. Temos dois amigos que foram às Maurícias no ano passado, e esta foi a parte que eles mais gostaram. Como estávamos a adorar a ilha tínhamos as expectativas altíssimas para este sítio (até porque também tínhamos visto fotos lindíssimas na net), e quando lá chegámos ficámos super desapontados porque não víamos cores nenhumas (e além disso estava a chover, o que também não ajuda). Entretanto cheguei a casa e quando olhei para a foto vi as cores! É de facto um sítio muito misterioso :)
Tartarugas simpáticas :D
Pareciam apaixonadas :D

De volta ao hotel a tempo do pôr-do-sol :D
E depois de DIAS de tentativas (a net não era grande coisa), conseguimos finalmente ver a Moana! A Joana nunca tinha visto :D
Pequeno-almoço do dia seguinte: omelete de claras com cebola, cebolinho e queijo, ananás e papaia :D
Crepe com mel de maracujá e coco ralado. O mel de maracujá era DELICIOSO e até andei à procura dele na loja do hotel para trazer para casa, mas não havia. Talvez tente fazer o meu próprio mel de maracujá :D
Dia de relax :D


Talvez tenhamos filmado uns vídeos a cantar as músicas da Moana aqui. Um dia se a nossa amizade for por água abaixo tenho imenso material para chantagem muahuahuahuah :D

O tempo começou a piorar por isso fomos todos comer (e beber). Mais um Pink Sunset para mim :D :D :D
Bebi demasiados Pink Sunsets e só me lembro de ter comido este tiramisú porque aparentemente tirei uma foto (ups?).
Fomos todos dormir a tarde toda e acordámos a tempo de ver o pôr-do-sol (soube-me pela vida, confesso).

Eu e a Joana fomos fazer uma massagem de relaxamento ao spa :D Soube mesmo bem, mas levei uma coça daquelas, principalmente nas costas :O
No dia seguinte saímos do hotel de madrugada porque tínhamos um destino muito especial que vou mostrar na próxima publicação :D
Bom fim-de-semana! :D

2 comentários:

  1. Estive de passagem no Vietname este ano (em Hanói e Halong Bay), para aproveitar uma viagem a trabalho que fiz para aqueles lados. Gostei tanto de tudo (a simpatia das pessoas sobretudo, mas a comida, as paisagens, os mercados e até aquele caos nas ruas) que pretendo lá voltar para umas férias a sério em 2018. Aí, indo visitar Ho Chi Min e outras regiões do país. Outro plano que tenho adiado é uma visita a Tóquio: pode ser que 2018 seja o ano de ir ao Japão... ou não! :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Por acaso o Vietname (tal como o Laos e o Cambodja) não me atrai grande coisa. Ainda agora tive dois amigos que lá foram e iam mandando fotos e nops, not my thing. Mesmo os países que conheço 'para esses lados' (Índia, Tailândia, Malásia, Indonésia e Nepal) não me atraem. Já o Japão é outra história, e adorava conhecer :D :D :D

      Eliminar

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...r: 0" />